setor HPC-18044
Brasileiros frisam importância dos produtos

O mercado de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPC) cresceu 2,8% ao longo deste ano, apresentando leve retomada após baixa sofrida em 2015 e 2016, segundo a Pesquisa de Beleza e Cuidados Pessoais do Euromonitor. Porém, o Brasil – terceiro maior consumidor mundial do mercado de beleza – não deixou o segmento em segundo plano.

Um levantamento realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) e pelo Instituto FSB Pesquisa, revelou que os brasileiros priorizam o consumo desses produtos como necessidade básica, capaz de garantir saúde e gerar um conforto emocional e inserção social.

Além disso, 95% dos especialistas em cuidados pessoais asseguram bom desempenho do segmento, já que são itens que proporcionam benefícios aos compradores, indústria e, consequentemente, à economia do País.


Fonte: IG
Foto: Shutterstock